Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Professora da Rede Municipal de Ensino recebe prêmio do Instituto Guga Kuerten

Docente recebeu um dos seis prêmios destinados a organizações e pessoas de todo Estado
Data de inclusão: 17/08/2022 14:40

A professora Patrícia Regina Wanderlinde Alves, da Escola Básica Judith Duarte de Oliveira, do bairro Itaipava recebeu um dos seis prêmios do Instituto Guga Kuerten (IGK) deste ano destinados a organizações e pessoas de Santa Catarina, que desenvolvem ou divulgam ações sociais envolvendo crianças, adolescentes ou pessoas com deficiência. A cerimônia de premiação foi na manhã desta quarta-feira (17), em Florianópolis.

“Sair do nosso espaço de sala de aula e vir até aqui receber esse reconhecimento e ver o nosso projeto invadindo outros espaços, não tem preço. É muito gratificante para toda comunidade escolar e também para o nosso Município”, enfatizou a diretora da escola, Luci Terezinha de Souza da Rocha.

“Fiquei muito honrada e emocionada com esse reconhecimento. E essa conquista é resultado de muita dedicação e parceria. Nosso maior objetivo é tornar os nossos alunos empoderados e capazes de mudar a vida das outras pessoas que estão a sua volta, dando auxílio para aqueles que mais precisam”, comemorou a professora Patrícia Regina Wanderlinde Alves.

Uma vez por ano, o Instituto Guga Kuerten promove o Prêmio IGK, que visa garantir visibilidade para pessoas e instituições catarinenses que, de alguma forma, contribuem com a inclusão social de crianças, adolescentes e pessoas com deficiência. A professora Patrícia recebeu o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido na Escola Básica Judith Duarte de Oliveira com os alunos dos 5º anos sobre o combate ao desperdício de alimentos.

A iniciativa chegou a ser reconhecida pelo site da Organização das Nações Unidas em abril deste ano. “Projetos como o da professora Patrícia são fundamentais para uma alimentação escolar sustentável. Segundo a coordenadora do projeto Consolidação de Programas de Alimentação Escolar na América Latina e no Caribe (Programa de Cooperação Internacional entre Brasil e a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura/-FAO), Najla Veloso, esse tipo de trabalho concilia o aprendizado dos estudantes com outras áreas do conhecimento, criando conexões entre as realidades locais e o e o dia a dia de cada um”, destacou um dos trechos da reportagem do site da ONU. Para rever a reportagem, é só clicar aqui

Através do trabalho contra o desperdício de alimentos, os estudantes gravaram um curta-metragem sobre o tema, criaram folders e cartazes, que foram distribuídos dentro da escola, em ônibus e pontos comerciais e ainda fizeram palestras para outras turmas da escola, que foram gravadas e disponibilizadas em um canal do Youtube.

Essa corrente do bem alcançou um patamar muito importante: o de colocar comida nas mesas das famílias menos favorecidas. A partir do projeto da escola surgiu uma campanha de arrecadação de alimentos. Até agora mais de 500 quilos já foram arrecadados e distribuídos para moradores do bairro Itaipava. Para a professora Patrícia, essa é só a primeira etapa de um projeto que será contínuo na unidade escolar.

“A fome não é uma vez ao ano, por isso o nosso projeto não se dá por encerrado. Vamos dar continuidade nos próximos anos, com as novas turmas, até porque a fome não espera. São pequenos gestos que fazem toda diferença e eu fico muito feliz ao ver os meus alunos sensibilizados com essa causa e por terem entendido o sentido de tudo isso”, comemorou a docente.

Os alunos da escola comemoraram a repercussão do projeto na ONU, a oportunidade de mostrar a iniciativa para o mundo e agora o reconhecimento do Instituto Guga Kuerten. “A fome é uma realidade, que muitas vezes passa pelos nossos olhos, mas nós não vemos. Temos que agradecer a professora Patrícia por ter aberto as nossas mentes neste sentido. Ela, com certeza, é uma inspiração para todos nós”, afirmou o estudante Aaron Pupo Muniz.

 

 

 

 

Imagens relacionadas

Professora da Rede Municipal de Ensino recebe prêmio do Instituto Guga Kuerten
Professora da Rede Municipal de Ensino recebe prêmio do Instituto Guga Kuerten
Professora da Rede Municipal de Ensino recebe prêmio do Instituto Guga Kuerten
Professora da Rede Municipal de Ensino recebe prêmio do Instituto Guga Kuerten
Professora da Rede Municipal de Ensino recebe prêmio do Instituto Guga Kuerten
Professora da Rede Municipal de Ensino recebe prêmio do Instituto Guga Kuerten
Professora da Rede Municipal de Ensino recebe prêmio do Instituto Guga Kuerten
Professora da Rede Municipal de Ensino recebe prêmio do Instituto Guga Kuerten
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2022 - Município de Itajaí