Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Novas demolições viabilizam continuidade do projeto de construção da Rua do Porto

Três imóveis foram derrubados na manhã desta quarta-feira (13) no bairro São João
Data de inclusão: 13/07/2022 17:58

A demolição de mais três imóveis entre as ruas Escoteiro Júlio César de Medeiros e Izabel Ramos Fabeni, no bairro São João, na manhã desta quarta-feira (13), viabilizam a continuidade das transformações na mobilidade urbana de Itajaí. A ação permitirá a construção da Rua Porto, ligação viária entre as avenidas Marcos Konder e Irineu Bornhausen (Caninana). O trajeto significará uma nova fase para o trânsito da cidade na ligação do Centro com os bairros. A obra também possibilitará a expansão da área primária do Porto de Itajaí para mais de 300 mil metros quadrados.

“Essa obra contempla a Itajaí do futuro. Uma cidade com qualidade de vida para os cidadãos, projetada para a mobilidade urbana sustentável. Servirá também para melhorar a relação do Porto com a cidade, pois delimitará a expansão da área retroportuária, condição fundamental para que o Porto continue sendo competitivo”, ressalta o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

Com seis pistas e faixa exclusiva para ônibus, a Rua do Porto terá mais de 50 mil metros quadrados de pavimentação em asfalto e se ligará com a avenida Marcos Konder, no cruzamento com a rua Silva, e chegará até a avenida Irineu Bornhausen, no cruzamento com a rua Max. A nova via cruzará as ruas Tijucas, Capitão Adolfo Germano de Andrade, Felipe Reiser e Pedro Antonio Fayal.

O projeto de construção da Rua do Porto em Itajaí ultrapassa os benefícios das soluções viárias para construir novas conexões entre os bairros da cidade e garantir espaços públicos urbanizados com calçadas amplas e ciclovias. A obra demarcará a expansão da área primária de movimentação e armazenagem de cargas no Porto de Itajaí, além de eliminar os conflitos causados pelo trânsito de caminhões de contêineres na região.

Os primeiros passos da obra foram consolidados em outubro de 2021 com a desapropriação, aquisição e demolição de imóveis no espaço que dará lugar à nova rua. A intenção da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação é enviar o projeto para licitação ainda neste mês. Para realizar as desapropriações neste primeiro trecho, foram investidos aproximadamente R$ 54 milhões com recursos próprios do Município. A execução desta etapa da Rua do Porto é estimada em R$ 28,7 milhões com recursos de financiamento internacional (Fonplata).
 

Imagens relacionadas

Novas demolições viabilizam continuidade do projeto de construção da Rua do Porto
Novas demolições viabilizam continuidade do projeto de construção da Rua do Porto
Novas demolições viabilizam continuidade do projeto de construção da Rua do Porto
Novas demolições viabilizam continuidade do projeto de construção da Rua do Porto
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2022 - Município de Itajaí