Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável

Cidadãos ganharão moeda digital para consumo no comércio local, utilizando a mesma plataforma de cidades como Nova York e Copenhague.
Data de inclusão: 22/09/2021 11:29

Itajaí dá um novo passo em direção ao futuro com olhar voltado para uma cidade mais sustentável e inteligente. A partir desta quarta-feira (22), no Dia Mundial sem Carro, entra em operação o aplicativo MovItajaí, baseado na plataforma portuguesa AYR, que conta com um sistema de recompensas para o cidadão que deixar seu veículo em casa e escolher opções sustentáveis de mobilidade, como o transporte público, a bicicleta e também caminhadas. Com isso, Itajaí se torna a primeira cidade na América Latina a fazer parte do ecossistema apoiado pelo Pacto Global da ONU dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e pela gigante da tecnologia Google, junto com cidades como Nova York (EUA), Copenhague (Dinamarca) e diversas localidades de Portugal. Recentemente a plataforma venceu o prêmio de inovação e sustentabilidade da União Europeia, o New European Bauhaus, na categoria lifestyle.

Com o AYR, os usuários são recompensados por evitar emissões de gás carbônico na atmosfera ao escolherem um meio de transporte sustentável. Ao registrar seu deslocamento dentro do aplicativo MovItajaí, que conta também com informações de pontos de parada e localização dos ônibus em circulação na cidade, o cidadão recebe um AYR-Itajaí a cada 100g de CO2 evitadas, para utilizar na rede local de comerciantes e prestadores de serviços. A moeda digital também poderá ser convertida em reais no futuro e terá cotação variável definida pelo mercado, com valor atual estimado entre R$0,10 e R$ 0,15, mas com tendência de crescimento, acompanhando índices globais.

“A Itajaí do futuro está sendo construída a cada dia. Pensar na gestão de uma cidade vai muito além de construir praças, ruas ou pontes. Ser gestor público nos dias atuais é trabalhar na mudança de comportamentos para junto com os cidadãos construir uma cidade moderna, inteligente, sustentável e inclusiva. Pensar no futuro é também pensar na conservação do planeta”, argumenta o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

Além de contribuir para a despoluição do ar, o MovItajaí também promove um ciclo positivo, com impactos na mobilidade urbana e na economia local. Ao recompensar os cidadãos que adotem meios de locomoção alternativos ao automóvel particular, será possível reduzir o trânsito na cidade e ainda gerar uma nova fonte de receita para as empresas locais que recebam pagamentos em AYR-Itajaí. A estimativa é alcançar 20 mil usuários ainda em 2021.

“Nós estamos inserindo Itajaí em um ecossistema global de inovação, sustentabilidade e desenvolvimento. As cidades têm desafios similares a enfrentar no mundo pós-pandemia. Podemos citar as quedas profundas na demanda por transporte coletivo e de consumo no comércio local, ou as doenças físicas e mentais associadas ao sedentarismo, além do agravamento do trânsito e do aquecimento global. Portanto, visualizamos diversos benefícios para Itajaí ao adotar esta solução e integrar-se à rede de cidades e parceiros do AYR”, explica o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Thiago Morastoni.

O aplicativo é mais uma estratégia na construção da Itajaí para o futuro. A revolução na mobilidade urbana vai além de novas ruas e pontes, ao priorizar as pessoas e propor novas formas de convivência e deslocamentos. O MovItajaí está inserido em um conjunto de iniciativas, que inclui o novo sistema de transporte coletivo previsto para 2022, ampliação de ciclovias, novos serviços compartilhados de mobilidade, e alargamento e melhorias de calçadas.

“Este projeto se alia a todas as iniciativas já implantadas em Itajaí e funciona como um acelerador na descarbonização das cidades. A proposta tem muita ligação com a comunidade local e o envolvimento do cidadão e das empresas parceiras no incentivo de modelos de mobilidade sustentável”, explica Pedro Gaspar, engenheiro português do CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento, responsável pelo desenvolvimento do sistema.

“Nossa cidade está seguindo na direção certa, a exemplo das cidades mais modernas do mundo, em termos de mobilidade urbana e sustentabilidade. Vamos priorizar cada vez mais o ciclista e o pedestre, proporcionando incentivos e serviços de qualidade, para que ele deixe o automóvel em casa e viva a cidade de outra maneira”, conclui o Secretário de Desenvolvimento Urbano, Rodrigo Lamim.

Imagens relacionadas

Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Itajaí será a primeira cidade da América Latina com aplicativo de recompensa para mobilidade sustentável
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2021 - Município de Itajaí