Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Festival de Música de Itajaí encerra com público de 10 mil pessoas

Chico Preto e Tarrafa Elétrica dividiram o palco com a banda Mundo Livre S/A no encerramento do evento
Data de inclusão: 08/09/2019 15:41

O feriado de Sete de Setembro foi marcado por diversas comemorações no município, dentre elas o encerramento da 22ª edição do Festival de Música de Itajaí. A edição teve o maior recorde de público. Mais 10 mil pessoas prestigiaram os nove dias de evento. O encerramento contou com a partição do público do Festival Rock’n Beer e trouxe ao palco a banda responsável pelo nascimento do movimento Mangue Beat, a Mundo Livre S/A.

“Nesta edição do Festival nós alcançamos a maturidade. Conseguimos fazer um festival de muita qualidade técnica e reunir um público muito grande em todos os eventos. O festival faz parte da alma da cidade”, comemora Normélio Weber, superintendente administrativo das Fundações.

Durante a noite de sábado, a festa de encerramento foi no Centreventos, junto ao evento Rock’n’beer - famoso encontro anual de músicos e cervejeiros locais, que se uniu ao encerramento do 22º Festival de Música de Itajaí.

Chico Preto e banda iniciaram a festa com composições autorias do disco Caçador de Poesias, lançado no ano passado. Acompanhado de grandes músicos locais, Chico animou o público com seu som litorâneo, que traz uma grande diversidade musical de ritmos, como afoxé e o samba, com influências do hip hop e rock and roll.

O grupo cultural Tarrafa Elétrica subiu ao palco logo após Chico Preto.Adultos e crianças vibraram com as novas canções do projeto Cardume e com os antigos clássicos da banda. O show encerrou com a participação de integrantes do Grupo de Percussão de Itajaí (GPI) e de Chico Preto e banda.

A banda Mundo Livre S/A colocou todo o Centreventos para dançar ao som do Mangue Beat. Os músicos já haviam se apresentado no estado diversas vezes, mas esta foi sua estreia nos palcos de Itajaí. O público se aproximou do palco e de forma pacífica e descontraída, cantou e dançou os grandes sucessos da emblemática banda.

“Acho de extrema importância que o poder público fomente esse tipo de festival, proporcionando grandes oportunidades para os novos talentos e qualificando cada vez mais os músicos. Sentimos uma identificação muito grande do Mangue Beat com a sonoridade catarinense, pois ambas têm a mesma linguagem litorânea. O Festival está de parabéns, estamos muito felizes em fazer o encerramento de uma festa tão linda”, comentou o vocalista da banda Fred Zeroquatro. Ao final do show, Fred mencionou que este foi o melhor show do grupo em solo catarinense desde o início de sua carreira.

Palestra
No sábado pela manhã, integrantes da banda Mundo Livre promoveram uma palestra na Casa da Cultura. DJ Dolores, o jornalista Renato L e o vocalista da Mundo Livre S/A, Fred Zeroquatro, ministraram a palestra Viagem ao Centro do Mangue. Eles relataram mais sobre toda a trajetória e evolução do Mangue Beat, a qual se mistura diretamente com a história da banda e de outros representantes do movimento, como Chico Science e Nação Zumbi.

Imagens relacionadas

Festival de Música de Itajaí encerra com público de 10 mil pessoas
Festival de Música de Itajaí encerra com público de 10 mil pessoas
Festival de Música de Itajaí encerra com público de 10 mil pessoas
Festival de Música de Itajaí encerra com público de 10 mil pessoas
Festival de Música de Itajaí encerra com público de 10 mil pessoas
Festival de Música de Itajaí encerra com público de 10 mil pessoas
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2019 - Município de Itajaí