Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Secretaria de Saúde de Itajaí reforça cuidados com o Aedes aegypti

Período chuvoso e com temperaturas altas é mais propício à proliferação do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus
Data de inclusão: 23/10/2018 18:53

A combinação de temperaturas altas e chuvas, características do período de primavera/verão, favorece a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya, zika vírus. Por isso, a Secretaria de Saúde de Itajaí reforça os cuidados que a população precisa manter para evitar um aumento de focos e criadouros do mosquito.

> Leia mais notícias sobre Saúde

O coordenador do Programa de Controle da Dengue, Lúcio Vieira, alerta que nesse período do ano pode aumentar a proliferação do mosquito Aedes aegypti em função dos fatores climáticos. “Os ovos do mosquito Aedes aegypti podem sobreviver até 18 meses em local seco e, ao ter contato com a água da chuva, darão origem a novos mosquitos”, explica.

De acordo com Vieira, esse ciclo precisa ser combatido durante o ano inteiro por meio de cuidados simples que toda a população deve manter: recolher recipientes que podem acumular água, não jogar lixo ou entulhos em terrenos baldios, manter ralos e caixas d’água bem fechados e limpar frequentemente piscinas e calhas.

“É nessa época do ano que as infestações ocorrem, por isso a atenção precisa ser intensificada. A população é parte fundamental para se evitar a proliferação do Aedes aegypti”, comenta.

Mais de 240 mil visitas de orientação

Itajaí conta com 90 agentes de combate a endemias percorrendo todo o município diariamente. De janeiro até outubro, os profissionais realizaram 243.451 visitas em armadilhas, pontos estratégicos, residências, comércios e terrenos baldios. Atualmente, as equipes estão trabalhando na prevenção nos bairros São Vicente, Dom Bosco, Vila Operaria, Cidade Nova e Ressacada.

O coordenador do Programa de Controle da Dengue relata que a população deve receber os agentes em suas residências e comércios para verificar possíveis focos e criadouros, além de fornecer orientações para combate ao Aedes aegypti. “Essa parceira entre moradores e agentes é fundamental para evitarmos o aparecimento das doenças transmitidas por esse mosquito”, pontua.

Orientações para evitar a proliferação do Aedes aegypti:

Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar, coloque areia até a borda;
Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
Mantenha lixeiras tampadas;
Deixe os depósitos para guardar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
Mantenha ralos fechados e desentupidos;
Lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
Retire a água acumulada em lajes;
Dê descarga no mínimo uma vez por semana em banheiros pouco usados;
Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;
Evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue;
Denuncie a existência de possíveis criadouros de Aedes aegypti para a Secretaria Municipal de Saúde pelo telefone (47) 3249-5573.
 
________________________
Informações adicionais:
Secretaria de Saúde de Itajaí
(47) 3249-5573

Imagens relacionadas

Secretaria de Saúde de Itajaí reforça cuidados com o Aedes aegypti
Secretaria de Saúde de Itajaí reforça cuidados com o Aedes aegypti
Secretaria de Saúde de Itajaí reforça cuidados com o Aedes aegypti
Secretaria de Saúde de Itajaí reforça cuidados com o Aedes aegypti
Secretaria de Saúde de Itajaí reforça cuidados com o Aedes aegypti
Secretaria de Saúde de Itajaí reforça cuidados com o Aedes aegypti
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2019 - Município de Itajaí