13/07/2009 16:44:07

Data:13/07/2009 16:44:07
Título:Canil Municipal de Itajaí abriga 254 cães e gatos
Descrição:Conheça as regras para adoção de um animal de estimação

O Canil Municipal de Itajaí, localizado no bairro Itaipava, abriga atualmente 236 cães e dezoito gatos, cuidados diariamente por duas médicas veterinárias. Outros cinco funcionários de serviços gerais são responsáveis pela limpeza, manutenção e higienização do local. A equipe trabalha ainda em situações especiais como maus tratos, animais debilitados, cadelas prenhas, filhotes, animais agressivos e animais atropelados. Todos os animais que chegam ao Canil são supervisionados por quarenta dias.

A estrutura física do Canil Municipal comporta dois canis coletivos, cobertos e divididos por sexo, sala de cirurgia e pós-cirúrgica, onde são feitas as castrações, ambulatórios, sala para banho e tosa e uma área de isolamento (para animais em observação por mordeduras). Os cachorros e gatos que apresentam fraturas ou patologias sérias ficam isolados na sala de internação, onde recebem cuidados específicos.

A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza medicamentos, materiais cirúrgicos e produtos para assepsia que são utilizados no tratamento dos animais. Todo animal doado no Canil Municipal ou sai castrado ou sai com a data marcada para castração. “Fazemos isso para evitar a proliferação de animais de rua”, explica a Secretária Municipal de Saúde.

Os cachorros sadios estão divididos em duas alas: machos e fêmeas são separados em cercados distintos, com casinhas coletivas, ração e água; sendo que os de grande porte tem sua casinha, prato e comida individualmente. “Nossa preocupação é deixá-los sadios para poder incentivar a adoção consciente”, afirma. O consumo semanal de ração para cães e gatos é de 180 kg, totalizando 720 kg por mês.

Adoção

Para adotar basta se dirigir ao Canil Municipal, ser maior de idade, munido de documento de identidade e CPF e escolher o animal que quer adotar.

O Canil Municipal de Itajaí é administrado pela Secretaria Municipal de Saúde, sob responsabilidade direta do Departamento de Vigilância Epidemiológica. Informações adicionais com Ângela ou Ieda, na Diretoria de Vigilância Epidemiológica, pelos telefones: 3249-5571 / 5572 ou 5573.
  

 Imprimir Notícia