Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
17,78 ° C

Notícias

Administração de Itajaí completa 100 dias e consolida bases propostas no plano de governo

Assinatura de convênio com a Univali permitirá planejamento de ações estratégicas até 2040
Data de inclusão: 10/04/2017 11:08

Com 100 dias de trabalho à frente do Município de Itajaí, o prefeito Volnei Morastoni consolidou as bases propostas em seu plano de governo para a construção de uma cidade inteligente, sustentável, integrada e socialmente justa. Nesta segunda-feira (10), data exata em que a administração completa os 100 dias, será assinado com a Universidade do Vale do Itajaí (Univali) o convênio que vai permitir o planejamento de ações estratégicas para o município e sua população até 2040. Um trabalho que se espelha no que há de mais moderno no desenvolvimento social e econômico ao redor do mundo, para colocar Itajaí no lugar que ela sempre desejou e todos os itajaienses merecem.

“Com muito trabalho e dedicação concluímos os primeiros 100 dias de governo. Foram meses extremamente importantes e nossa visão é que Itajaí ficará ainda mais forte daqui pra frente. Por isso o nosso empenho em realizar um planejamento especializado que fará com que a cidade siga avançando em todas as áreas”, pontua o prefeito.

Em pouco mais de três meses, a Secretaria de Urbanismo desenvolveu as bases de um trabalho que será realizado em curto, médio e longo prazos. O plano prevê projetos e ações estruturais de mobilidade como fluidez nos trevos, retomada das obras da Via Expressa Portuária, implantação de binários e ampliação da malha cicloviária.

O desenvolvimento de Itajaí também passa pela formação de cidadãos capacitados, não apenas para atender a demanda do mercado de trabalho, mas também para liderar, exigir e participar de uma sociedade mais justa e igualitária. Por isso, o investimento no lançamento do Programa Escola da Inteligência, cujo piloto está sendo implantado em 14 escolas, 8 do ensino infantil e 6 do ensino fundamental, envolvendo cerca de 10 mil pessoas. Em breve, o programa será ampliado para toda a Rede Municipal de Ensino.

Este programa desenvolve habilidades socioemocionais a partir do ambiente escolar e é estruturado em etapas, de acordo com o ano de cada aluno. A metodologia é baseada nos estudos do psiquiatra, pesquisador e escritor Augusto Cury e deve resultar em redução dos números de vandalismo, bullying, violência e melhora do rendimento escolar.

“Estamos falando de um programa educacional extremamente complexo e inovador que rompe as convenções educacionais para formarmos uma nova geração capaz de enfrentar o mundo”, avalia Morastoni.

Outro programa que também teve início na Secretaria da Educação foi a implantação da Escola em Tempo integral, que vai permitir que alunos em situação de vulnerabilidade social tenham acesso a reforço escolar e sejam afastados do convívio das ruas.

Na área da Saúde, as melhorias foram significativas, com a reestruturação da Atenção Básica. O fim das fichas resultou no aumento de 73,5% nos atendimentos nas unidades de saúde. Com o acolhimento e a eficiência nos atendimentos, as consultas com especialistas também aumentaram em 28% no primeiro trimestre: de 10.403 em 2016 para 13.316 em 2017.


P L A N E J A M E N T O  E S T R A T É G I C O

Uma cidade inteligente, sustentável e socialmente justa é aquela em que as pessoas interagem e utilizam energia, materiais, serviços e financiamentos para catalisar o desenvolvimento econômico e consequente melhora da qualidade de vida.

Ao observar o presente e identificar as demandas do futuro, o Município de Itajaí lança hoje (10) o fundamento do Planejamento Estratégico do Município de Itajaí (PEMI). Por meio de um convênio com a Universidade do Vale do Itajaí, o documento elaborado por equipe especializada vai oportunizar e potencializar a administração estratégica no território itajaiense.

O plano prevê a análise da realidade socioambiental da administração pública entre os anos 2017 e 2020, para se estruturar o modelo de administração pública para a Itajaí de 2040.

O objetivo é fornecer bases para uma política pública de longo prazo, que ofereça à comunidade transparência das ações governamentais e que auxilie o tomador de decisão do município nas ações socioambientais e econômicas por meio de indicadores de eficácia, eficiência e efetividade.


S A Ú D E

Com o foco na qualidade de vida das pessoas, a reestruturação da Atenção Básica registrou aumento de 73,5% nos atendimentos nas unidades de saúde. A mudança iniciada em janeiro prevê a eliminação das fichas de atendimentos e implantação do acolhimento e da demanda espontânea.
Com o acolhimento e a eficiência nos atendimentos, as consultas com especialistas também aumentaram em 28% no primeiro trimestre: de 10.403 em 2016 para 13.316 em 2017.

Mutirão de exames
Desde 2015, o Município de Itajaí registra uma demanda represada de consultas e exames. Para atender à demanda, foi publicado no dia 23 de março um edital de chamamento público para credenciar as clínicas interessadas em realizar exames nas áreas de ultrassons, colonoscopia, endoscopias, tomografias, ressonâncias, entre outros.

A expectativa é realizar 29 mil exames e oferecer 21 mil consultas em diversas especialidades, como dermatologia, oftalmologia, endocrinologia, ortopedia e cardiologia. A estimativa de investimento é na ordem dos R$ 5 milhões.

Mutirão de combate ao aedes aegypti
Itajaí não teve nenhum caso positivo de dengue, chikungunya e zika vírus durante o verão. O resultado positivo é fruto das cerca de 80 mil visitas realizadas em residências, imóveis comerciais, terrenos baldios, armadilhas e pontos estratégicos. Houve diminuição, inclusive, de 78% de casos suspeitos de dengue em 2017 no comparativo com o mesmo período do ano passado.

Assistência farmacêutica e ações administrativas
Para suprir a falta de medicamentos registrada desde o ano passado, a Secretaria Municipal de Saúde adquiriu aproximadamente R$ 1,7 milhão em medicamentos, totalizando 150 itens para abastecer o estoque. Foi efetuada também a compra emergencial de material ambulatorial, odontológico, entre outros, no valor de R$ 802 mil.

Centro Integrado de Saúde (CIS)

Com a estrutura entregue em dezembro do ano passado, neste primeiro trimestre foram realizadas adequações no projeto e a instalação de equipamentos e mobiliário, além do início do processo licitatório para compra de equipamentos e materiais.

A Secretaria de Saúde também está viabilizando a liberação de alvarás do Corpo de Bombeiros, Fundação do Meio Ambiente (Fatma) e Vigilância Sanitária Estadual.

Por meio de Emendas Parlamentares já cadastradas e garantidas para 2017, o Município de Itajaí receberá R$ 884,3 mil para compra de equipamentos (endoscópio, cardioversor, monitores, eletrocardiógrafo, colposcópio, dois ultrassons, dois veículos para transporte sanitário e 17 condicionadores de ar) e mais R$ 200 mil para custeio da Atenção Básica.

 

O B R A S

Além da atenção ao bem estar da população e ação voltadas aos indivíduos, o Município de Itajaí também se preocupou nestes primeiros 100 dias com a infraestrutura da cidade que acolhe os cidadãos. Na Secretaria Municipal de Obras e Serviços Municipais e nos quatro Centros de Atendimento ao Cidadão (CAC), foram realizados mais de 3,7 mil atendimentos à comunidade e mais de 34 mil ações:

Ações concluídas
14 mil metros quadrados de reparos em pavimentação
12 quilômetros de macadamização
1.248 reparos em iluminação pública
1.170 tubos substituídos
30 mil flores plantadas
1.644 cargas de entulho no Mutirão da Dengue nos bairros Cordeiros, São Vicente e Cidade Nova
1.950 atendimentos à comunidade na Secretaria de Obras
650 atendimentos à comunidade no CAC Cordeiros
564 atendimentos à comunidade no CAC São Vicente
305 atendimentos à comunidade no CAC Itaipava
303 atendimentos à comunidade no CAC Fazenda

Reta final
Praticamente concluída, o Município de Itajaí investiu mais de R$ 500 mil para asfaltar a rua de acesso à ponte do Limoeiro, uma antiga reivindicação da comunidade. No total, serão mais de quatro mil metros quadrados de asfalto no movimentado trajeto que liga o bairro a Gaspar, Brusque e outras localidades.
Também muito aguardada, principalmente pelos moradores dos bairros São Vicente e Cordeiros, é a conclusão da reconstrução da ponte Tancredo Neves. A obra está em fase de concretagem e então será iniciado o asfaltamento: última etapa para liberação da passagem de veículos. A obra total está orçada em R$ 3 milhões.

 

U R B A N I S M O

Uma cidade projetada para o futuro, em que o planejamento da mobilidade urbana contribui para o desenvolvimento da cidade. Esta é a tarefa que a Secretaria Municipal de Urbanismo vem desenvolvendo neste primeiro trimestre, com projetos para serem executadas a curto, médio e longo prazos.

Abertura de novas avenidas para melhorar a mobilidade urbana, construção de parques urbanos, novo modelo de calçadas visando a segurança, mobilidade e arborização. O resultado será uma Itajaí harmoniosa, em que o trânsito flui e há valorização das pessoas.

Alguns projetos e ações estruturais de mobilidade:

Trevo BR-101 / Rodovia Antônio Heil (Pronto para iniciar execução)
Trevo BR-101 / Rodovia Jorge Lacerda (Em elaboração)
Via Expressa Portuária (Obra em condições de ser retomada)
Novo acesso sul com ligação entre a BR-101 e Praia Brava (Proposta)
Via perimetral oeste (Projeto aguardando verba)
Construção de pontes e passarelas (Proposta)
Execução de binários nos bairros Centro, São João, São Judas, Cordeiros, Murta e São Vicente (Em projeto)
Plano de ampliação da malha cicloviária (Em execução. 135 km de ciclovias projetados)

 

E D U C A Ç Ã O

Além do conhecimento tradicional, o desafio da Secretaria Municipal de Educação é formar cidadãos melhores para o mundo. Para valorizar o indivíduo e garantir a aprendizagem, foram iniciados quatro programas entre janeiro e abril: Escola Aberta; Educação em Tempo Integral; Escola da Inteligência; Secretaria Itinerante.

Escola Aberta
O programa Escola Aberta, lançado no primeiro governo do prefeito Volnei Morastoni e agora retomado, segue a proposta de retirar crianças e adolescentes da rua por meio de atividades sócio-educativas durante o período em que estariam ociosos.

Com atendimentos todos os sábados das 9h ao meio dia e das 14h às 17h no Centro Educacional Pedro Rizzi (Cidade Nova), a Escola Aberta reúne cerca de 600 pessoas com oficinas, artesanato, música, dança, orientações de saúde, entre outros.

A partir do dia 29 de abril, o programa será estendido também para a Escola Arnaldo Brandão, no bairro Imaruí. Além das atividades, também é oferecido lanche aos participantes da Escola Aberta.

Educação em Tempo Integral
O programa Educação em Tempo Integral melhora o desempenho escolar de alunos de 06 a 14 anos. Funcionando como contraturno, são desenvolvidas atividades de reforço escolar, educação digital, jogos cooperativos, literatura, banda, violão, coral, inglês, percussão e tarefas.
O programa é voltado às crianças cujas famílias recebam o benefício Bolsa Família, tenham pais trabalhando em período integral e apresentam dificuldades ou defasagem na aprendizagem.

A atividade iniciou atendendo 150 alunos da Escola Aníbal César (São Vicente), e ainda no primeiro semestre será estendida à Escola José de Anchieta (Canhanduba) e Inês Cristofolini (Itaipava).

Escola da Inteligência
A Escola da Inteligência trabalha as habilidades socioemocionais no ambiente escolar, além do conhecimento tradicional, melhora o comportamento dos alunos. Levantamentos realizados em outros municípios em que o programa já foi implantado comprovam que há redução dos números de vandalismos, violência, casos de bullying e pedidos de licença médica dos professores. A melhora do rendimento escolar e do ambiente educacional também são outros pontos constatados.
O programa prevê ainda um aprofundamento da relação aluno-professor-família.

Este é um dos raros programas no mundo de gestão da emoção, desenvolvido pelo psiquiatra, pesquisador e escritor Augusto Cury. O autor renunciou aos seus direitos autorais e patrimoniais para democratizar o acesso ao programa.

Os livros do Programa Escola da Inteligência são estruturados em etapas, de acordo com o ano escolar. O custo mensal por aluno atendido é de R$ 14,50. A implantação inicial será em 14 unidades de ensino de Itajaí.

Secretaria Itinerante
Ouvir os pais e estar próximo da comunidade é a missão da Secretaria Itinerante. Duas vezes ao mês, a equipe da Secretaria de Educação vai aos bairros para identificar as dificuldades dos alunos, orientar os pais e resolver problemas. Com o programa, os pais e/ou responsáveis ficam mais presentes na vida escolar dos estudantes.

____________________________
Informações adicionais:
Secretaria de Comunicação
(47) 3341-6292

Imagens relacionadas

Administração de Itajaí completa 100 dias e consolida bases propostas no plano de governo
Administração de Itajaí completa 100 dias e consolida bases propostas no plano de governo
Administração de Itajaí completa 100 dias e consolida bases propostas no plano de governo
Administração de Itajaí completa 100 dias e consolida bases propostas no plano de governo
Administração de Itajaí completa 100 dias e consolida bases propostas no plano de governo
Administração de Itajaí completa 100 dias e consolida bases propostas no plano de governo
Administração de Itajaí completa 100 dias e consolida bases propostas no plano de governo
Administração de Itajaí completa 100 dias e consolida bases propostas no plano de governo
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2017 - Município de Itajaí